14 de outubro de 2015

Depilação com Linha (ou Egípcia)

Depois de anos e anos recorrendo à depilação egípcia, ou a mais conhecida por nós brasileiras como depilação com linha, vim compartilhar minhas experiências sobre o assunto durante este tempo todo.

Há alguns anos, relatei aqui no blog minha triste experiência de usar cera depilatória estando em tratamento para melasma. E é meu post mais "bombante", porque até hoje muuuita, mas muita gente mesmo, ainda comete este erro!

De lá para cá, nunca mais usei a cera, seja fria ou quente e, até finalmente encontrar uma depiladora com linha para chamar de minha, usava a pinça para retirar o bigodon ou a molinha - que é pratica, mas dói tanto quanto e não fica tão perfeita para se fazer no rosto todo quanto a depilação com linha feita por outra pessoa.


Foi em 2011 que dei a graça de encontrar a Graça (na foto acima) e desde então ela é a minha favorita!

Além de depilar o rosto muito bem e com muita paciência com todo o meu contorcionismo de dor, ela ainda é uma ótima esteticista (sempre dando dicas boas) e também ótima designer de sobrancelhas (fico tranquila quando é ela quem tira)!

"Depilação "Threading" ou "Egípcia", trata-se de uma técnica centenária, oriunda do Médio Oriente e Sul Asiático. Praticada em muitos países como o Irã, Índia, Vietnã, China e outros países Árabes. Ao longo dos anos, tem ganhado popularidade também em países ocidentais.

Entre os iranianos, era feito em todo o rosto, apenas quando uma mulher se casava ou em outras ocasiões especiais.

Já na Pérsia, a sua cultura ditava que quando uma mulher era submetida a este tipo de depilação, simbolizava a sua passagem para a idade adulta (fonte Wikipedia)."


É um método bem dolorido se comparado ao método com cera (que, quando a gente acostuma, tira de letra). Mas menos agressivo, não retira a camada superficial da pele e não queima quando feita no rosto em tratamentos com ácidos para melasmas ou espinhas (hidroquinona, Roacutan...).

A linha é enrolada em formato de "X" e desliza de um lado ao outro, enrolando em si os pelos e arrancado-os pela raiz.

Apesar de não machucar a pele, o atrito da linha com a pele é saudável e promove leve esfoliação, evitando pelos encravados e espinhas.

Evitar não quer dizer que não apareçam. Comigo, aparece bem menos do que quando fazia com cera, mas contei aqui no blog recentemente o que ando fazendo para não ter este problema - que muito tem muito mais a ver com o fato de não estar com a pele limpa do que o método escolhido em si.


O fato de arrancar os pelos pela raiz, contribui também para seu enfraquecimento. No começo eu precisava depilar a cada 20 dias e hoje o espaço de tempo é bem menor.

Isto falando dos pelos do rosto (sim, faço no rosto todo), porque meu buço, continua firme e forte produzindo pelos, ignorando o desejo de me ver livre deles para sempre!

A pele fica lisinha e toda a penugem é arrancada. Imagina a dor? Então, DÓI MUITO! Mas vale a pena.

Eu me sinto, após cada sessão, como se tivesse passado por um clareamento de pele (meus pelos são castanhos) e o contorno da sobrancelha tão limpo como se tivesse sido feito na navalha, com a diferença de estar optando por um método mais durável e eficaz.

Quem tem pelinhos loiros e gosta de se maquiar também pode se beneficiar. Conheci uma vez uma moça que queria tirar os pelos do rosto - apesar de parecerem imperceptíveis para mim - porque disse que quando passava base, eles ficavam destacados.

A compensação da dor é que, além de poder continuar com meus tratamento para melasmas, a pele, por não ter retirada a camada superficial de proteção (que costuma sair junto com a cera), o risco de novas manchas no buço após a depilação são nulos.

Os preços para regiões simples, como buço, são equiparáveis à depilação com cera: cerca de 25 reais por região do rosto. Para o rosto todo (com o design de sobrancelha incluído) pode passar dos cem reais.

Pode parecer caro, principalmente se considerar que preciso passar por isto pelo menos uma vez por mês, mas não correr novamente o risco de ficar desfigurada é incalculável.

Fiz, por causa de mudanças de horário, de local de trabalho e atribuições da vida, em alguns outros lugares também. Nos últimos tempos estava fazendo no próprio shopping que eu trabalhava, na rede Estúdio da Sobrancelha Fabiane Pinheiro.

Hoje em dia é mais fácil encontrar lugares no Brasil todo que realizem este procedimento, mas não é preciso voltar muito no tempo, para saber que no final de 2010, só eu sei o que penei para encontrar uma depiladora boa, que trabalhasse com linha, relativamente perto de mim.

A Graça atende em Alphaville, Barueri, SP. Atualmente no salão Flompany, dentro do Shopping Flamingo, na Alameda Araguaia, 762. O telefone do salão é 4195-0005.

8 comentários:

  1. Oi Carlinha,
    Nunca fiz depilação com linha egípcia, mas gostei de saber um pouco mais
    Big Beijos
    Lulu on the Sky

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada, Lulu!
      Fico feliz que tenha gostado do post.
      Beijos!

      Excluir
  2. OI carlinha, eu tenho vontade de fazer. Confesso que qdo morei na Tailandia eu vi muito isso, mas morria de medo rs
    Quem sabe eu tomo coragem! UM BJO

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dea, o povo oriental se beneficia muito disto, né?
      Espero que tenha coragam de experimentar um dia!
      Beijos!

      Excluir
  3. Amo depilação Egípcia, eu nem acho que dói tanto assim, porém no interior são poucas pessoas que fazem. =(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Infelizmente em qualquer lugar aqui no Brasil que não seja bem "central" fica mesmo difícil.
      Agora quanto a achar que não dói tanto assim, te acho SORTUDA!
      Beijos!

      Excluir
  4. Oi! Eu também abandonei a depilação com cera... Comecei a notar que meu buço começou a escurecer. Resultado: ganhei uma mancha tão horrível que parece que tenho um bigode e que meus pelos estão sempre grandes... Depois da depilação com linha, minha vida mudou. Hoje, não sinto mais dor, nem nada...

    Beijoos.. amando o seu blog! =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Angelica, no buço não dói nada, para mim, claro.
      Mas no rosto, bochechas, perto das orelhas, aff! Que morte lenta!
      E quanto à cera, se não tomar cuidado, causa escurecimento em quem tem tendência mesmo.
      Obrigada pelo carinho com o blog e por comentar!
      Beijos!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...