14 de julho de 2014

Minha maquiagem de trabalho do momento

Depois de escrever sobre os cremes que uso no momento - um post meio do tipo "atacado" onde falo de vários produtos ao mesmo tempo - resolvi escrever este sobre os produtos que estou usando como maquiagem de trabalho na pele.

Trabalho em obra, atualmente em ambiente interno e noturno. Não preciso estar impecável para atender o público, por exemplo, e não preciso me besuntar de protetor solar. Ainda assim, gosto de dar uma leve disfarçada na pele e de quebra ir testando produtos tanto para um dia conseguir falar no blog, como também para conhecer durabilidade, disfarce e afins para poder usar com segurança no dia que quiser ir à uma balada ou tirar fotos (porque deixar para estrear a base num dia importante é muito arriscado, né?).

Acontece que parei nestes "alguns" - meus amores são de momento - e estou usando há pouco mais de um mês os itens abaixo.


Primer Renew da Avon, corretivos em creme (MAC, MUFE e Rímmel) e base em pó bareMinerals.

Meus amores por produtos de pele e maquiagem vão variando conforme eu enjoo de sempre usar determinados itens. Não há uma explicação mais lógica que a vontade de variar, e acabei entrando na fase de não querer usar nada em creme na maquiagem do rosto inteiro, como base ou BB Cream (embora tenha meus queridinhos), resolvi voltar à base mineral da bareMinerals.

Um dos motivos é porque com a Copa do Mundo teriam bastante eventos durante o dia em que eu iria querer uma pele menos carregada. O outro é que, apesar do inverno, durante o dia e em lugares fechados faz calor na maioria das vezes e eu iria dançar bastante depois. A base em pó pode ser dosada e, usada com pincel bem fofo, fica bem leve!

Acontece que a base em pó aplicada de forma bem leve e sozinha não cobre manchas e nem olheiras. Tenho dois corretivos em pó da marca (pra poder misturar e chegar no meu tom), mas ainda não peguei o jeito de aplicar que acho que fica bom. Então segui usando os corretivos da temporada (de novo, apenas meus escolhidos do momento) e fui alternando, usando-os ANTES da base em pó.

Obs.: Quando uso base líquida ou cremosa, aplico o corretivo depois.


Não tenho um preferido no meio destes corretivos. Cada um funciona bem de uma forma, mas deixa a desejar de outra. Os Full Cover da MUFE (abreviação de Make Up For Ever), são os melhores para cobrir meus melasmas. Aparece aí apenas um, mas tenho duas cores sendo utilizadas, a 07 e a 10. Uma comprei na Sephora em NY e a outra depois comprei na Sephora no Brasil na loja do Shopping Eldorado.

(Se tivesse com o meu 10 na bolsa na hora da compra, não teria comprado o 07. Achava que o 10 não era exatamente meu tom, mas o 07 que provei na hora com a cara limpa e ajuda da vendedora, é praticamente igual.)

Enfim, eles cobrem tudo, duram a eternidade, só saem com demaquilante, mas deixam o aspecto da pele ressecado. Para quem passou dos 30, usá-los embaixo dos olhos (ou mesmo nas bochechas, onde tenho manchas), não é muito confortável. Raramente uso só eles.

Quando uso o Full Cover, normalmente misturo com os Select Cover-Up da MAC (também tenho dois: NW 25 e NW 30), depende do grau de iluminação que quero pra pele. As vezes quero a região embaixo dos olhos levemente mais clara, então uso o NW 25. O NW30 é da cor exata da minha pele.

O Select Cover-Up é razoavelmente bom de cobertura. Para cobrir tudo precisa ir construindo camadas (o que pode ficar artificial demais), mas é bem mais hidratante.

Muitas vezes uso-o misturado ao Full Cover da MUFE e acaba que um neutraliza o "defeito" do outro. Mas ainda assim, a mistura às vezes fica com aspecto ressecado depois de seca na pele.

Quando não quero pele ressecada (pra mim praticamente igual a enrugada), uso só o da MAC, mas aí tenho certeza que a maquiagem não vai aguentar uma noite de balada se eu dançar (e suar), que ele vai migrar e acumular nas linhas embaixo dos olhos e tenho que retocar ou tirar o excesso que acumula nas rugas ao longo da noite.

Um corretivo muito bom neste meio é o HD Concealer da MUFE, já estou no meu terceiro tubo, mas a cor que melhor combina comigo, a 350, tem um fundo pêssego muito evidente. Ele cobre bem, a cobertura da pele não fica artificial se bem aplicado, não é seco como o seu irmão de marca, Full Cover, mas por causa da cor (e ainda não descobri uma outra melhor no meio das opções, talvez nem tenha) não uso tanto. Normalmente misturo com outras cores ou uso com base em creme para disfarçar.

O corretivo cor da minha pele, cor da minha vida, é este Match Perfection da Rímmel. Ele é o preferido de todos por ser exatamente meu tom. Se não quiser usar mais nada no resto do rosto, ele é o que vai fingir que não existe mancha ou olheira da melhor forma, pois combina com a parte da pele que não está maquiada. Mas não vende no Brasil e não dura tanto também. Além do fato de que se as manchas estiverem muito escuras, por ser de um subtom bem neutro, corro o risco de ficar com a região meio acinzentada.

Lembrando, por causa das manchas, não uso corretivo só nas olheiras. Tenho que passar na região superior das bochechas e no buço. Logo, preciso de corretivo com cobertura e que aguente o passar das horas na pele sem ficar muito artificial, sem escorrer, sem craquelar e que neutralize as manchas além de cobri-las (sei que existem corretivos coloridos para usar antes, mas isto é assunto para um outro dia).

Depois de passar o corretivo, que sempre aplico, seja qual for, com a esponjinha da Belliz pra que eles se fundam com a pele o máximo possível, eu espero que sequem bem para só então aplicar a base mineral em pó. Normalmente passo o corretivo e dou um tempo indo arrumar os cabelos. Sou destas!


Aplico a base em pó com o corretivo seco por dois motivos: evitar que o corretivo molhado absorva muito pó (e aquela região vire uma máscara indesejável) e evito também que o pincel de aplicação da base, remova o corretivo recém aplicado.

Tenho duas bases que ganhei da marca, uma ganhei pois a marca entrou em contato comigo através do blog quando fiz o post sobre o kit de iniciação da marca, Get Started Kit, que comprei na Sephora e comprei na cor errada e outro ganhei tempos depois da equipe da bareMinerals como um agradecimento espontâneo da parte deles pelos posts do blog (sim, gosto muito mesmo da marca e uso bastante todos os itens que compro e os que ganho também).

As duas bases, agora da minha cor, Bege Médio, são diferentes apenas no acabamento: uma tem acabamento matte e a outra tem acabamento com brilho acetinado. Para saídas diurnas tenho preferido o acabamento matte. Para saídas noturnas (ou trabalho), não tenho preferido.

E assim estou indo para o trabalho e também saí de casa durante o dia.


Agora um item imprescindível para quem usa base em pó e que eu, particularmente, não tinha sido muito fã e tive que adotar é o primer. No momento meu primeiro querido é o da linha Renew da Avon. Ele é tão bom que se não tivesse melasmas, diria que ele sozinho daria conta do recado porque deixa a pele instantaneamente com uma textura maravilhosa.

Ele espalha bem e não precisa de cuidados extras na aplicação, nunca cria grumos como alguns primers que já usei se não souber dosar bem. Sem primer, a base em pó não espalha uniformemente na pele.

E como resenha pra quem lê é boa quando tem fotos, seguem duas fotos bem aproximadas do meu rosto em um dia que estava usando o Select Cover-Up como corretivo e bem pouca (falei que estou aplicando com pincel fofo e sintético da Macrilan para que a cobertura seja praticamente imperceptível) base em pó bareMinerals.



Sei que, dependendo do monitor, se estiver com a cor mais saturada, vai parecer até que não passei corretivo ou que todas as manchas ainda pulam em destaque. Mas veja: a ideia não é esconder todos os defeitos. Estou numa fase em que prefiro mostrar algumas manchas a sair com aquela cara que todo mundo sabe que você está maquiada. É a minha maquiagem principal de trabalho. Então, amenizo as manchas e ao mesmo tempo me sinto confortável em saber que não estou com cara rebocada.

Depois disto, complemento este tipo de pele menos elaborada apenas com blush, uma sombra ou lápis preto esfumadinho junto aos cílios, rímel e balm.

É isto!

O texto ficou grande, mas era apenas pra mostrar o que tem feito minha cabeça (ops, "cara") por estes últimos dias. Logo sei que voltarei a BB Cream ou alguma outra base, mas pretendo escrever mais sobre estes produtos em separado, porque acho que o Full Cover da MUFE e a base em pó são produtos que merecem uma resenha mais detalhada para quem tem curiosidade sobre eles.


PS: quando falo no blog sobre os produtos que ganhei, é apenas uma forma de deixar claro que o produto não foi adquirido com meu dinheiro. Ganho muitas coisas e isto não quer dizer que sou especial. Da mesmo forma, não acho legal apenas falar de um produto sem mencionar que ele não foi comprado e que foi um "presente" da marca ou assessoria. Apenas isto.

4 comentários:

  1. Uso base em pó também e gostei da dica do corretivo antes(também tenho melasma) e vou experimentar com os que tenho aqui.Quando você fizer a resenha detalhada,se possível,faça uma comparação.Olha entre a mineral da Mary kay.a da Bare Minerals e a compacta da Sephora...quanta diferença e ainda nem abri a Studio Fix e estou com vontade da Studio tTch!Rsssss

    ResponderExcluir
  2. gostei bastante de ver os produtos que vc tem usado. quero muito testar essa base em pó da bare minerals e o corretivo full cover da mufe

    www.tofucolorido.blogspot.com
    insta: liviaalli

    ResponderExcluir
  3. Gostei do post! Uso o BBCream !

    ResponderExcluir
  4. Oi Carlinha,
    Cheguei hoje ao seu blog por acaso, procurando informações sobre o uso de Vitanol A (naquele post sobre as queimaduras depois da depilação) e resolvi conhecer mais. Adorei o seu blog, cheio de informações, opiniões realistas e sinceras sobre os produtos aos quais realmente temos acesso e um humor leve e delicioso. Virei seguidora, é claro, e só não li o blog todo porque é muita coisa kkkk. Voltei umas 20 páginas ou mais.
    Este post me chamou a atenção principalmente pela parte do corretivo. Tenho muitas olheiras, também tenho melasma e sofro pra encontrar um corretivo que seja do meu tom de pele. Quando se usa só nas olheiras, um tom pra lá ou pra cá não é tão grave, mas quando se usa em várias partes do rosto é um terror. Aí entrei na fase do "disfarçar" e não "eliminar" as manchas. Mais ou menos o seu estilo, não é?!

    Beijos
    Blog Patrícia Aprendendo
    Facebook

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...